Mastigação errada e suas complicações

por dez 2, 2022Distúrbios da ATM, Problemas Bucais, Saúde Bucal0 Comentários

A mastigação errada pode trazer problemas em diversas partes do corpo, porém muita gente não dá a devida atenção a isso.

Primeiramente, a nossa saúde começa pela boca, portanto, mastigar é um ato extremamente importante para a nossa saúde bucal e digestiva.

Quando realizada de maneira correta e adequada, evita problemas de saúde e melhoram o   bem-estar e a qualidade de vida.

Mas, afinal, o que é a mastigação errada? Qual o jeito certo de mastigar os alimentos? Essas são questões que responderemos a seguir. Caso você detecte que sua mastigação não está adequada, a recomendação é procurar ajuda de um profissional especializado.

Aqui na RR Medicina e Odontologia possuímos diversas especialidades, proporcionando um diagnóstico completo e correto.

O que é mastigação errada?

É a mastigação unilateral, ou seja, com apenas um lado da boca. Isso gera sobrecarga na estrutura do dente, nos músculos e ossos da face, podendo acarretar complicações. Para não forçar só um lado da musculatura, o ideal é fazer a mastigação bilateral.

A mastigação bilateral pode ser simultânea ou alternada, com movimentos verticais e de rotação da mandíbula. O importante é que o alimento seja jogado de um lado para o outro, a fim de trabalhar a musculatura da face por igual, evitando problemas bucais.

Quais as complicações da mastigação errada?

Em geral, a mastigação errada está relacionada com a perda de um ou mais dentes. Quem perdeu toda a dentição está sujeito a uma desregulação do cérebro, o que pode provocar movimentos bucais involuntários. O desalinhamento dos dentes também é causa da mastigação unilateral.

A mastigação errada pode provocar uma série de problemas, associados ou não à região oral. Daí a importância de adotar o hábito da mastigação correta: a bilateral. Confira, abaixo, as consequências de mastigar apenas com um lado da boca:

  • dores musculares e esqueléticas;
  • dentes tortos e mal posicionados;
  • estalidos;
  • cefaleia;
  • zumbidos nos ouvidos;
  • disfunções na ATM;
  • refluxo;
  • azia;
  • perda e fratura nos dentes;
  • retração gengival;
  • problemas estéticos e respiratórios.

Como corrigir a mastigação errada?

O tratamento para a mastigação errada varia conforme a causa do problema. Em uma situação de perda dentária, a reabilitação é o melhor método para garantir a estabilidade da mordida. Próteses fixas ou removíveis são as alternativas indicadas.

Ainda assim, as pessoas com todos os dentes e boa saúde bucal precisam passar por avaliação com o profissional especializado. Em determinados casos, trata-se de um mau hábito que deve ser corrigido. Exercícios com o dentista ou o fonoaudiólogo ajudam a melhorar a mastigação.

Por outro lado, pacientes que têm os dentes desalinhados ou tortos, o tratamento com o aparelho ortodôntico é o mais recomendado. Entretanto, em situações mais graves, a cirurgia buco-maxilo-facial pode ser necessária. Um profissional qualificado deverá avaliar cada caso individualmente para a escolha do melhor método.

Leia nosso blog sobre os problemas de mordida e como trata-lo.

Problemas de mordida: conheça os tipos e como tratar – RR Medicina e Odontologia


Agora que você conhece as complicações que a mastigação errada pode provocar e quais são as formas corrigi-la. Independentemente da causa, é importante buscar ajuda especializada.

Aproveite para ler mais sobre saúde bucal em nosso blog.  Procure um de nossos profissionais na RR Medicina e Odontologia e faça uma avaliação.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts

Parestesia tem Cura?

Parestesia tem Cura?

Você já se perguntou se a parestesia, aquela sensação de formigamento, dormência ou queimação em partes do corpo, tem cura? A boa notícia é que, na maioria dos casos, a parestesia é temporária e pode ser tratada com sucesso.